Equipes de enfermagem elogiam implantação de novo sistema de gestão em saúde

O software SOUL MV já não é mais considerado o “futuro” nos hospitais Samaritano. A iniciativa já faz parte do dia a dia dos gestores e por essa razão, sendo considerado como um item essencial da atualidade.

Nesse segundo boletim informativo sobre a implantação do software, o destaque é a participação da equipe de enfermagem. “Essa equipe mostrou, desde o início, disposição para os cadastros, organização na distribuição de tarefas e agilidade no cumprimento das metas”, elogiou Vera Lúcia da Rosa, gestora do projeto MV – empresa líder em software de Gestão em Saúde – no Samaritano.

“Estamos chegando na fase final de padronização das tabelas de todos os hospitais, um período crítico e de muito trabalho”, falou. O treinamento aos multiplicadores já teve início e agora é a hora de ver na prática as padronizações e promover as alterações necessárias. Além disso, a eles cabe a responsabilidade de aprender e repassar o conhecimento aos demais colaboradores envolvidos. O sistema deve entrar em operação no dia primeiro de outubro de 2018.

“Padronizar os processos de um hospital é desafiador. Fazer parte de um grupo de discussão para padronização de um grupo de hospitais como a rede Samaritano Saúde é, sem dúvida, enriquecedor. É estar reciclando conhecimento, trocando experiência e entendendo a diversidade de culturas existentes em cada hospital. Momentos de aprendizagem e de apreensão, se estamos contemplando o melhor para todas as realidades dos hospitais, nos acompanham a cada encontro. Estamos dedicando tempo e esforço para alcançarmos um padrão de excelência nos processos das unidades. E sem dúvida, estamos melhorando a cada dia.  Que a implantação do SOUL MV seja um facilitador na nossa assistência e na gestão dos processos.” Enfª Sara da Silva Barbosa – Enfermeira RT – Hospital Samaritano Hortolândia

“Em plena era da informação, o Hospital Santa Ignês e toda a rede de Hospitais Samaritano buscaram unificar a gestão do trabalho, integração entre as áreas e padronização dos processos. Para isso, somaremos ideias e multiplicaremos ações. Buscamos trabalhar com excelência, porque somos referência. Mas, é preciso transformar sem perder a essência. Com a implantação do software estamos conseguindo identificar os pontos a serem melhorados da gestão, processos que demandam ajustes e mudanças. E o SOUL MV é um parceiro na identificação das necessidades de melhorias. E poder fazer parte desse grande time, estar junto em todos os processos tem sido um grande aprendizado. É necessária muita dedicação, pois já temos uma rotina dentro da instituição. É um desafio diário desenvolver tudo que sabemos, de forma informatizada, e aprender muito sobre o trabalho do outro, isso gera um impacto muito positivo. Gerir processos que não iremos executar diretamente, pensando no melhor para o outro. Chegar num consenso com toda uma equipe, que traz rotinas e realidades diferentes, é realmente desafiador, mas tem dado muito certo, pois estamos vivendo uma troca de conhecimento intenso. Estamos fazendo o SOUL MV acontecer e ser um pedacinho disso é, com certeza, muito gratificante.” Enfª Monize V. Leite – Educação Permanente – Hospital Santa Ignês – Indaiatuba

“Trabalho há 10 anos no Hospital Samaritano Campinas e, ao longo desses anos, pude acompanhar o crescimento de toda a rede e o avanço das tecnologias. Participar da estruturação de um processo com desafios e expectativas me trouxe muito aprendizado, pois dia a dia dei o melhor de mim. E compartilhei com as outras equipes rotinas de trabalho para a unificação das atividades no Samaritano com o objetivo de levar aos nossos clientes o que há de melhor e mais seguro. Na era da segurança ao paciente, vejo que o SOUL MV fará total diferença com a interação de todos os processos mesmo antes da chegada do paciente ao hospital e depois da sua saída. Com o SOUL MV ampliei o meu conhecimento e estou pronta para o próximo desafio.” Enfª Carla Zanini – Coordenadora de Enfermagem UCO – Campinas