Seo Mitsuyochi comemora a vida com a equipe da UCO

O marceneiro Mitsuyochi Ueno celebrou a vida e mais uma primavera no dia 08 de novembro junto com sua família e com a equipe da UCO (Unidade Coronariana). Seo Seo Mitsuyochi completou 64 anos. Ele permaneceu durante 64 dias lutando por sua vida na UCO. Ele teve uma aneurisma dissecante da aorta ascendente, segundo sua esposa, a médica patologista Dra. Aurea Tieko Kikushi Uema.

Dr. Hugo Bertipaglia, coordenador médico da unidade, contou que o paciente e sua família estarão para sempre em sua memória e coração. “No dia 11 de outubro, quando iniciei meu dia de trabalho na UCO me deparei com um grande desafio profissional e pessoal. Encontrei o paciente Mitsuyochi Ueno, no leito 8 da UCO, no início da sua luta pela vida. Ele estava deitado. Nocauteado por uma terrível e cruel doença. E junto dele, estávamos nós – a nossa grande equipe multidisciplinar e sua maravilhosa família”.

 “Esse grande guerreiro conseguiu e após muitos dias tristes, venceu a grande luta que estávamos travando diariamente. Ele sobreviveu a uma doença mortal”, completou Dr. Hugo.

Para a coordenadora de enfermagem da UCO, Julcilene Oliveira, “o trabalho em equipe e a humanização foram primordiais para a recuperação do paciente”. Para Dr. Hugo, “ver ele ter alta da nossa unidade foi uma alegria que não tem explicação, pois paciente como ele tem uma probabilidade de falecer em 90% dos casos”.

O atendimento humanizado também foi destacado pela Dra. Aurea, esposa do Seo Mitsuyochi. “Recebemos todo o suporte necessário da equipe que nos tratou com muito carinho e fez de um momento tenso, o mais especial possível. Agradeço a toda a equipe pelo tratamento humanizado e por meu marido estar vivo”, falou. O casal tem quatro filhos.

Emocionado, Dr. Hugo disse que é grato por Deus ter lhe dado a oportunidade de conhecer este grande guerreiro e sua família. “Sem eles, nada disso seria possível. Nunca vou me esquecer deles. Um pouco de mim ficou com eles e um pouco deles ficou comigo. Meus olhos enchem de lágrimas e meu corpo arrepia só de pensar em tudo que passamos juntos”.