Medicina do Trabalho cuida da saúde do colaborador

A saúde do colaborador do HSC também recebe o cuidado e carinho especial. Através da Medicina do Trabalho é possível prevenir doenças. O setor, coordenado pela Dra. Marcela Bailoni Marcilio, é responsável pela relação entre o trabalho e a saúde do trabalhador.

De acordo com ela, a Medicina do Trabalho é uma área de grande importância no mundo atual, por diversos fatores, mas, principalmente, pelo o fator de prevenção. “O principal objetivo é que o trabalhador tenha sua saúde preservada em seu trabalho. Para que isso ocorra é crucial a perfeita integração com o setor de Engenharia e Segurança do Trabalho para identificarmos os potenciais riscos ocupacionais e possíveis acidentes de trabalho”.

Dra. Marcela explicou que os benefícios da Medicina do Trabalho são inúmeros. “Além da prevenção de doenças e acidentes relacionados com o trabalho, é um importante instrumento de medicina preventiva e qualidade de vida. Proporciona uma integração dos setores para que seja feito (quando necessário) ajustes, remanejamentos e restrição nas tarefas permitindo assim, um ambiente saudável”.

“Ter uma medicina voltada para o trabalhador é de extrema importância para saúde de toda a população, principalmente, nesse período da pandemia do coronavírus. Manter nossos colaboradores trabalhando em prol da humanidade com saúde e segurança é nosso foco principal”, destacou a coordenadora.

PROMOÇÃO DA SAÚDE

Equipe Medicina do Trabalho

No HSC, a promoção da saúde do trabalhador tem um olhar voltado para a qualidade de vida. A Medicina do Trabalho realiza análises de exames que permitem a orientação efetiva e preventiva da saúde do colaborador. “Estamos também a frente das vacinações e medidas protetivas para o enfretamento da pandemia do coronavírus desenvolvendo orientações e ações específicas neste sentido”, acrescentou a médica. Dra. Marcela completou dizendo que, recentemente, foi contratada uma psicóloga com experiência clínica para atendê-los de forma exclusiva.

A equipe da Medicina do Trabalho é composta pela médica do trabalho, Dra. Marcela, pela enfermeira, Ana Cristina, pela psicóloga Elaine e, pela estagiária, Beatriz. O Ambulatório da Saúde do Trabalhador funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30.

Segurança do Trabalho auxilia na prevenção de acidentes

Abril é considerado como o Abril Verde, o mês de conscientização e prevenção aos acidentes de trabalho. Mas, não é só nesse mês que os colaboradores devem estar atentos. No HSC, existe um departamento que cuida dos fatores de risco e das causas dos possíveis acidentes de trabalho durante as atividades do colaborador. É a Segurança do Trabalho.

De acordo com o coordenador do setor, o engenheiro Carlos Alberto Rochadel, a Segurança do Trabalho também é responsável por definir as medidas de prevenção nos ambientes. “As atividades da engenharia de segurança do trabalho envolvem, educar e treinar os colaboradores, orientar uso e cuidados com os Equipamentos de Proteção Individual, planejar sistemas de trabalho que antecipam os riscos, prevenir acidentes, analisar as causas e as relações com as doenças ocupacionais, além de inspecionar as condições de trabalho e o cumprimento das 36 normas regulamentadoras da Lei Federal”, comentou.

Além de todas essas atividades, a Segurança do Trabalho atende às solicitações do Ministério do Trabalho, Ministério Público, Anvisa, Sindicato da Saúde, Corpo de Bombeiros e demais órgãos fiscalizadores. Rochadel explicou que quando ocorre um acidente de trabalho, o coordenador do setor ou o responsável pelo colaborador, deve preencher um documento chamado FAAT (Ficha de Análise de Acidente do Trabalho), procurar a Segurança do Trabalho para complementar a análise e após a FAAT será encaminhada para Medicina Ocupacional.

E, para que dentro da empresa, o cumprimento das questões relacionadas à Segurança do Trabalho seja efetivado, existe a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) que é composta por pessoas eleitas e indicadas. Essa eleição acontece anualmente e no próximo dia 26 de abril, tomará posse a comissão para a gestão 2021/2022.

O horário de atendimento da Segurança do Trabalho é de segunda a quinta-feira, das 8 às 22 horas e na sexta-feira, das 8 às 18 horas.

Dia da Mulher é celebrado com programação especial

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher (08/03) uma programação especial voltada a todas as colaboradoras foi preparada. Entre os dias 08 e 12 de março, foi programado almoço e jantar especial, demonstração de produtos de beleza, calçados e acessórios e quick massagem. A divulgação da Semana da Mulher foi feita por meio de cartazes fixados no Hospital.

A programação também incluiu a exposição Mulheres que Inspiram. Nela, algumas colaboradoras contaram suas histórias de superação com a intenção de inspirar outras mulheres a serem fortes e resilientes. De acordo com o RH, o quadro de colaboradores do Hospital é composto por 80% de mulheres. Por essa razão, foi organizada uma semana especial destinada a todas elas.

Cuidando de quem cuida

Atendimento com psicóloga pode ser agendado pelo WhatsApp

Para auxiliar os colaboradores a passarem por esse momento de pandemia que está envolvendo a exaustão, o medo, a insegurança e a tristeza, foi implantado no HSC o atendimento psicológico para todos os colaboradores. Para isso, é necessário agendar horário de atendimento, o que pode ser feito pelo WhatsApp 19 99987-0538 ou pelo Ramal 1179.

Uma psicóloga foi contratada exclusivamente para atender todos eles. É um auxílio para aqueles que estão precisando de ferramentas para superar a situação a qual estão passando. O atendimento acontece na segunda, terça e sexta-feira, das 9 às 15h e quarta e quinta-feira, das 17 às 23h. 

HSC promove campanha em prol da Bancada Solidária

Entre os meses de fevereiro e março, o HSC vai arrecadar leite e alimentos não perecíveis. A ação faz parte do projeto Bancada Solidária Taquaral e os alimentos irão compor as cestas básicas entregues nas casas das mil famílias cadastradas pelo grupo e em entidades sociais. As doações podem ser deixadas no Recursos Humanos.

Seo Sebastião, uma das pessoas atendidas pelo projeto 

A Bancada Solidária é uma iniciativa de voluntários que se uniram no ano passado para auxiliar as pessoas em situação de rua e as que estão sem rendimentos devido a pandemia do coronavírus. Tudo começou com um varal com lanches e uma prateleira com alimentos não perecíveis e produtos de limpeza na entrada do kartódromo da Lagoa do Taquaral. A campanha teve uma grande adesão que acabou gerando longas filas e aglomeração para a retirada dos alimentos. Em razão da pandemia, o grupo de voluntários teve que adotar outras medidas para que essa entrega fosse feita. E uma delas foi a união com as empresas para que essa arrecadação acontecesse e pudesse ser entregue de forma segura às famílias.

“Quando vemos o sorriso estampado no rosto das pessoas que atendemos percebemos o quanto é importante e essencial ter alimento em casa. Os sorrisos expressam a pureza e o alivio de não sentir fome. Nós, da Bancada Solidária, pedimos a vocês que nos ajudem a plantar esperança.  Se cada um der um pouquinho, teremos muitos sorrisos iluminando este período de trevas”, disse Nina Güth, uma das organizadoras do projeto.

Cuidando de quem cuida: HSC tem atendimento psicológico para colaboradores

Nesse momento de pandemia, há cansaço, há exaustão, há insegurança e muitas incertezas. É preciso ter calma e respirar fundo. Nada dura para sempre mesmo sendo o mais difícil dos momentos.

Por isso, para auxiliar os colaboradores a passarem por esse momento da melhor forma possível, o Hospital Samaritano Campinas está oferecendo atendimento psicológico. Uma psicóloga foi contratada exclusivamente para atender os colaboradores. É um auxílio para aqueles que estão precisando de ferramentas para superar a situação a qual estão passando. O objetivo é dar apoio e ensinar técnicas para que os colaboradores possam lidar com as emoções.

O atendimento – destinado a todos os colaboradores – acontece na segunda, terça e sexta-feira, das 9 às 15h e quarta e quinta-feira, das 17 às 23h.  Para ser atendido é necessário agendar pelo WhatsApp 19 99987-0538 ou pelo Ramal 1179.

Escuta Ativa

Outro projeto voltado a saúde do colaborador também acaba de ser implantando no Hospital. É o Escuta Ativa. Nele, é possível encontrar canais para conversar e desabafar. O Recursos Humanos, a Medicina do Trabalho e o Serviço Social estão prontos para lhe ouvir. Quem precisar também, não pode esquecer do CVV (Centro de Valorização da Vida).

Tempo de Casa

Em fevereiro, são oito os colaboradores que estão entre cinco e 25 anos trabalhando no Hospital Samaritano Campinas. A Técnica de Enfermagem, Patrícia Maria Rodrigues Silveira Reis está completando Bodas de Prata!

Tempo de casa

Começamos o ano com oito colaboradores completando entre cinco e 20 anos de trabalho no HSC. Fica aqui o registro do nosso agradecimento por todo esse tempo de dedicação e carinho com o Hospital.

Manutenção: o coração do Hospital

O Hospital para se manter em funcionamento e atender os pacientes precisa de setores que desempenhem papéis fundamentais para garantir o bem-estar de todos. Entre os diversos setores envolvidos há um que é mais do que essencial: o setor da Manutenção.

Considerado o coração do Hospital, a Manutenção é a responsável por dar todo o suporte adequado para o bom andamento dos demais setores auxiliando na garantia do conforto e da qualidade do atendimento aos pacientes. Nenhum atendimento que dependa de equipamentos hospitalares pode ser executado com qualidade e tempo hábil sem que a manutenção garanta o bom funcionamento deles.

Para o coordenador da Manutenção, Carlos Soares, o serviço realizado é extremamente importante. “Diariamente, surgem diversas situações que vão desde aos problemas com a energia elétrica, telefonia, redes, ar condicionado até serviços preventivos, reparos na parte hidráulica, em equipamentos hospitalares, reformas em leitos, etc.”, destacou.

Atualmente, a equipe é composta por um eletricista, oficiais de manutenção, pedreiros, técnico de refrigeração e estagiário. “Basicamente, todos desempenham as mesmas atividades diariamente, porém, quando há algum serviço específico para cada função, o técnico é designado para solucionar o problema”, falou.

Atendimento

Carlos explicou que cada chamado é único e em média eles levam de 10 a 15 minutos para atender e “dependendo da demanda e gravidade no hospital e ser for crítico, paramos o que estamos fazendo e atendemos a ocorrência”. Essa eficiência é constatada pelos demais setores do HSC que têm destacado o trabalho da Manutenção.

A enfermeira coordenadora da UTI Adulto, Janaina de Oliveira, disse que “todas as vezes quando solicito o serviço, sou prontamente atendida. O serviço é executado sempre com excelência e dedicação”. A colaboradora Larissa enviou recentemente um e-mail elogiando o atendimento recebido. “Gostaria de agradecer a ajuda da sua equipe na instalação do cabo de rede. Assim que solicitados, foram e resolveram o problema. Um agradecimento em especial ao Anderson e ao Fernando que sempre são muito prestativos e solícitos ao que precisamos”.

HSC doa centena de lenços à ONG Rosa e Amor

Para encerrar a programação do Outubro Rosa, foram entregues 165 lenços para o Grupo Rosa e Amor. Os itens foram arrecadados entre os colaboradores e médicos do Hospital durante uma campanha realizada pelo HSC. Os lenços vão ser lavados, esterilizados e entregues às mulheres assistidas pela associação. Eles ajudam na autoestima das pacientes, contribuindo indiretamente para o tratamento.

Para a diretora de Voluntariado do Rosa e Amor, Claudia Cristina Spera, campanhas como essa são sempre bem-vindas.  “Nosso trabalho é prestar a assistência necessária a quem precisa. O Rosa e Amor vive da colaboração das pessoas, empresas e sociedade”, falou. De acordo com ela, as campanhas somam com as ações desenvolvidas pela associação. “Através delas fazemos a manutenção dos nossos serviços e oferecemos materiais e acessórios de apoio para as mulheres que estão em tratamento”. Além de lenços, o Grupo Rosa e Amor oferece perucas, soutiens e próteses para as pacientes em tratamento e que precisam desses itens.

Grupo

O Grupo Rosa e Amor tem 20 anos. Fundado em 2000, tornou-se referência em Valinhos e região, com a finalidade inicial de assistir pessoas com câncer de mama. Hoje, atende a todos os cânceres da mulher, incluindo o câncer de mama e o câncer ginecológico.  A associação atende mais de 450 mulheres com câncer e seus familiares. Como parte do trabalho, também doa cestas básicas às mulheres assistidas.

Todas estas atividades desenvolvidas pelo Grupo visam melhorar a qualidade de vida de pacientes ou vítimas em recuperação. Há também atividades em grupo com objetivo terapêutico e educacional, para fortalecimento de vínculos, com práticas corporais, de lazer e cultura, para as pessoas assistidas e suas famílias.