Maria Luiza é transferida para hospital de referência

A pequena Maria Luiza de Brito Barbosa Sorg, de Aguaí, que completou em agosto um aninho e estava internada na UTI Ped desde que nasceu, foi transferida em outubro para um hospital em São Paulo referência em tratamento da Síndrome do Intestino Ultra Curto. Camila de Brito Reis Barbosa, mãe da Maria Luiza, postou em seu Facebook que será eternamente grata pelos cuidados e carinhos recebidos pela equipe do HSC.

“Amigos que nos dão palavras de coragem e que lutam para nos ver felizes são raros hoje em dia. E, nos tivemos a sorte de encontrar vocês, que trouxeram luz para o nosso caminho e tesouro para os nossos dias. Que o futuro permita que vocês alcancem todos os seus sonhos. Muita paz e amor. Jamais esquecerei o que fizeram por nós. Obrigada por todo o carinho e dedicação durante todo esse tempo que passamos juntos”, escreveu Camila à equipe do Hospital. A despedida da linda garotinha foi marcada por muita emoção.

HSC tem Comissão de Óbito para melhoria dos processos

Para minimizar ao máximo as falhas e melhorar os processos de atendimento, o Hospital Samaritano Campinas tem uma Comissão de Óbitos formada por médicos de diversas especialidades e enfermagem. Essa equipe é responsável por analisar os óbitos ocorridos na instituição, abrangendo Enfermaria e Unidades de Terapia Intensiva.

“A Comissão trabalha após análise prévia de cada óbito ocorrido nestes setores. O médico responsável leva para a reunião os óbitos que eventualmente ocorreram. Essas ocorrências podem ser divididas em estatísticas inerentes ao procedimento e falhas técnicas”, disse o diretor técnico do HSC, Dr. Sérgio A. Pinotti. De acordo com ele, “cada caso é analisado individualmente e levado à Comissão, que em conjunto procura chegar a uma conclusão sobre as condições de determinado óbito”.

A Comissão de Óbito baseia-se em princípios científicos, com o objetivo de melhorar o sistema minimizando ao máximo as falhas que possam ter ocorrido. “Quando não é possível chegar a uma conclusão a Comissão solicita esclarecimentos para a equipe multiprofissional, com o principal objetivo de melhoria de processos”, acrescentou.

Para Dr. Sérgio, o trabalho em equipe é fundamental para que qualquer tarefa seja realizada com sucesso. “Ajuda, principalmente, a promover uma comunicação mais assertiva através da união de profissionais com diferentes experiências e conhecimentos”, finalizou.

‘Agosto Dourado’ no HSC reforça importância do aleitamento materno

Em alusão ao mês voltado às ações de incentivo à amamentação, o “Agosto Dourado”, o Hospital Samaritano Campinas promoveu uma exposição de fotos com mães amamentando no Pronto-Socorro da Ginecologia e na Recepção da Internação e, na última semana do mês, todos os recém-nascidos ganharam um balão dourado.

Já as puérperas, receberam a visita de uma equipe formada pela enfermeira, Siméia Feltrin, a assistente social, Camila C.R. de Freitas, e a psicóloga, Monique Mioralli. As profissionais falaram sobre a importância da amamentação e do vínculo entre mãe e bebê.

   

A Maternidade foi decorada com laços na cor dourada para remeter ao tema.
O “Agosto Dourado” é um mês voltado também à sensibilização de profissionais e da população em geral para a importância do ato de amamentar, buscando o apoio e o estímulo ao gesto. O dourado faz alusão à definição da OMS (Organização Mundial da Saúde) para o leite materno: alimento de ouro para a saúde dos bebês.

´Tempo de Casa´ tem, em setembro, cinco colaboradoras

A coluna “Tempo de Casa”, mensalmente, destaca os funcionários que completam 5, 10, 15, 25 e 30 anos trabalhando no Hospital Samaritano Campinas. No mês de setembro, cinco colaboradoras do Hospital estão completando entre cinco e dez anos de atuação na instituição.

A dedicação e o empenho de Aline Zeferino de Oliveira, Flavia Rodrigues Chaves Silva, Aline Carpejane, Luzia de Fatima da Cruz Krahembuhl e Silvia Helena de Oliveira é tão importante para o HSC que nesta edição do Informativo está destacando e agradecendo à essas mulheres que fazem o dia a dia do Hospital. Elas são também as responsáveis pelo crescimento e visibilidade dada ao HSC.

Data de Admissão Colaborador Cargo Tempo de Casa
02/09/2013 ALINE ZEFERINO DE OLIVEIRA TEC. DE ENFERMAGEM 5
18/09/2013 FLAVIA RODRIGUES CHAVES SILVA TECNICO NUTRICAO 5
02/09/2013 ALINE CARPEJANE TEC. DE ENFERMAGEM 5
02/09/2013 LUZIA DE FATIMA DA CRUZ KRAHEMBUHL ENFERMEIRO 5
04/09/2008 SILVIA HELENA DE OLIVEIRA TEC. DE ENFERMAGEM 10

SETEMBRO AMARELO

O mês de setembro é marcado pelas ações de prevenção ao suicídio. “Setembro Amarelo” é uma campanha brasileira iniciada em 2015 com a identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela além de grande divulgação de informações sobre o assunto. É uma iniciativa do CVV (Centro de Valorização da Vida), Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria. Para os órgãos responsáveis pela campanha, falar é a melhor solução.

Por essa razão, o CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail ou chat 24 horas todos os dias. Acesse www.cvv.org.br e saiba mais.

Informações pelo atendimento pelo número: 188

‘Cantinho do Elogio’ quer valorizar e reconhecer o trabalho dos colaboradores do HSC

O HSC está implantando um importante projeto de valorização e reconhecimento dos colaboradores. Trata-se do “Cantinho do Elogio”. Ele foi criado pelas equipes de Recursos Humanos e Relacionamento com o Cliente com o objetivo de valorizar e reconhecer o empenho de cada um, sob o olhar de gratidão dos clientes Samaritano.

No corredor em frente à sala da coordenação de enfermagem, foi fixado um quadro de elogios. Neste espaço, ficam expostos os elogios feitos pelos clientes, em relação ao atendimento recebido.

 

 

PREMIAÇÃO

A premiação será individual, com avaliação trimestral. O colaborador que receber mais de um elogio, dentro do período de três meses, será contemplado com a premiação e a sua foto ficará exposta no banner dos melhores do trimestre.

Na primeira etapa do projeto será necessário que, todos os colaboradores, respondam a pesquisa de premiação, que está disponível na urna próxima ao quadro dos elogios, até o dia 10/10/2018.

O cronograma tem ainda a captação, contagem e tabulação dos elogios recebidos entre os meses de outubro a dezembro de 2018. A primeira premiação, que irá contemplar os melhores do trimestre, será em janeiro de 2019.

 INSPIRAÇÃO

O “Cantinho do Elogio” foi inspirado no maqueiro do Centro Cirúrgico, Elias Andrade Pereira. Um colaborador ímpar que recebe em média 15 elogios por semestre – número contabilizado no primeiro semestre de 2018. Um profissional que vai além das funções que lhe foram atribuídas e que, se destaca, pela empatia e amor dedicados aos clientes.

Força de vontade faz técnica de enfermagem emagrecer 48 kg sem remédios ou cirurgia

Determinação, força de vontade e muita disciplina. Foi assim que a técnica de enfermagem do HSC, Mayara Cristina Soares de Oliveira, eliminou 48 quilos em oito meses. A história dela é daquela que motiva qualquer um e nos faz acreditar que pode dar certo.

Após sua segunda gestação, ela passou a ter pressão alta. Realizou diversos exames para descobrir a razão, mas não obteve sucesso. “Minha mãe teve hipertensão após meu irmão mais novo ter nascido e com 40 dias de vida dele ela teve seu primeiro AVC. Três anos depois, ela faleceu e isso me traumatizou”, contou. Mayara começou a repensar no sofrimento que passou e não queria que seus filhos passassem pela mesma situação.

“Foi aí que decidi realizar uma reeducação alimentar com uma equipe de profissionais especializados em emagrecimento e passei a realizar exercícios físicos”, falou. Ela tem 29 anos, mede 1,73m e atualmente pesa 82 quilos.

 

MUDANÇA

Depois de procurar ajuda especializada, realizou a bioimpedância (exame que mede através de uma leve corrente elétrica que passa pelo corpo a quantidade de água, gordura e massa magra) e descobriu o motivo da hipertensão e da depressão: o excesso de peso.

“É claro que no início do tratamento tive muitas dificuldades, mas com apoio e acompanhamento adequado, não desisti. Hoje, posso dizer que foi a melhor escolha da minha vida. Mudei minha rotina de alimentação e comecei a praticar exercícios físicos. O resultado foi muito satisfatório ainda não cheguei no meu objetivo, mas estou caminhando para chegar”, frisou.

“Me sinto outra mulher, linda e quase magra. Pretendo seguir uma alimentação sempre adequada para eu não desviar meus pensamentos daquilo que eu quero realmente na minha vida para sempre”, completou.

Para quem quer seguir seu exemplo de superação, Mayara deixou um recado: “Tome coragem de ir atrás daquilo que deseja. A tarefa não será fácil, mas não é impossível. Sem persistência, não há resultado”.

Agosto Dourado: Hospitais Samaritano têm programação voltada ao mês da amamentação

Durante o mês de agosto, conhecido como “Agosto Dourado”, os Hospitais Samaritano de Americana, Campinas e Paulínia prepararam uma programação especial voltada ao aleitamento materno.  As mamães nas maternidades terão uma atenção ainda mais exclusiva e importante reforço informativo sobre os benefícios da amamentação. O foco das ações é reforçar a importância da amamentação para o bebê em relação à nutrição, imunidade, prevenção de doenças e o aumento do vínculo entre o bebê e sua família.

Continue lendo “Agosto Dourado: Hospitais Samaritano têm programação voltada ao mês da amamentação”

Sipat foca na prevenção de acidentes e qualidade de vida do trabalhador

Em julho, aconteceu mais uma edição da Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Com o foco na prevenção de acidentes e qualidade de vida do trabalhador, a Sipat divulgou, orientou e promoveu diversas ações de prevenção de incidentes e acidentes, segurança e saúde no trabalho.

Continue lendo “Sipat foca na prevenção de acidentes e qualidade de vida do trabalhador”

Samaritano Campinas implanta Programa de Cirurgia Cardíaca Infantil

O Hospital Samaritano Campinas implantou um serviço para melhorar o atendimento aos recém-nascidos e crianças com problemas cardíacos. Trata-se do Programa de Cirurgia Cardíaca Infantil, que já está em funcionamento na unidade.

Continue lendo “Samaritano Campinas implanta Programa de Cirurgia Cardíaca Infantil”